Uma história de sucesso que ainda está sendo escrita

2016

Do Bem, marca de sucos e chás, passa a fazer parte da Ambev e inaugura uma nova fase na história da empresa, que passa a atuar no setor de sucos.

A Bohemia lança três novos rótulos: Bohemia 14 Weiss, Bohemia 838 Pale Ale e Bohemia Aura Lager.

2015

A Cervejaria Wäls e Cervejaria Colorado passam a fazer parte da Ambev; a cerveja Adriática é relançada no mercado; a premiada cerveja de Chicago, a Goose Island, desembarca no Brasil.

2014

Incrementamos a nossa cartela de marcas premium com a Corona.

2011

A cerveja Budweiser passa a ser vendida no Brasil.

A maior celebração germânica fora da Alemanha, a 28º Oktoberfest de Blumenau – SC tem o patrocínio da Brahma, bebida oficial do evento.

2010

Chega ao mercado a Skol 360º.

2009

A Bohemia ganha nova identidade visual, com garrafa long neck de formato exclusivo.

É lançada a Antarctica Sub Zero.

2008

Lançamos no Brasil as cervejas uruguaias Norteña e Patricia.

Após comprar a cervejaria americana Anheuser-Busch, a multinacional Belgo-Brasileira AB Inbev passa a controlar quase metade do mercado de cervejas nos EUA.

2007

Lançamos no Brasil as marcas belgas Hoegaarden, Leffe, e a alemã Franzkikaner.

A cerveja Quilmes chega ao Brasil como resultado da aliança entre a brasileira AmBev e a argentina Quinsa.

2005

É lançada a Bohemia Confraria de estilo blond ale, em garrafa de 550 ml.

Chega a cerveja Stella Artois no Brasil.

A Brahma se torna uma marca mundial e passa a ser vendida em diversos países.

2004

A Bohemia escura passa a ser produzida em garrafas long neck.

É lançada a Bohemia Royal Ale, cerveja de alta fermentação e teor alcoólico, com rolha clip lock e garrafa de 550 ml. É a primeira cerveja de estilo inglês, produzida em alta escala no Brasil.

Na Bélgica, a Ambev se junta a Interbrew e forma a Inbev.

2003

É lançada a Boehmia Weiss, feita de trigo, em garrafa de 550 ml, e a Bohemia escura, estilo Schwarzbier, em garrafa de 550 ml.

É lançada a cerveja Skol Beats.

É lançada uma campanha inédita de consumo responsável para a marca Skol: Beber redondo é beber com responsabilidade.

2002

Fomos eleitos pela revista Exame como a maior e melhor empresa do setor de bebidas do Brasil em 2001.

O pentacampeonato mundial de futebol, Copa Coreia-Japão, tem o gosto do Guaraná Antarctica. O produto foi patrocinador oficial da Seleção Brasileira no torneio.

2001

Engarrafado e distribuído na Europa por intermédio da Pepsi, o Guaraná Antarctica chega a Lisboa.

2000

É lançada, especialmente para o Réveillon, deste ano a edição comemorativa da cerveja Brahma, com garrafas inteiramente branca e com o slogan: “Cerveja do Milênio”.

1999

No dia 02 de julho foi a anunciada a união da Companhia Antarctica Paulista e da Companhia de Bebidas das Américas, Compañia de Bebidas de Las Américas, American Beverage Company. Primeira multinacional brasileira, a Ambev torna-se a terceira maior indústria cervejeira e quinta maior produtora de bebidas do mundo.

1997

A Brahma adquire concessão para fabricar, comercializar e distribuir o Chá Gelado Lipton Ice Tea.

1996

A Brahma lança seu primeiro isotônico – Marathon.

1993

Jaguariúna – SP recebe uma nova fábrica de cerveja Brahma Bock.

1992

A cerveja Skol Long Neck introduz a tampa twist, que dispensa o uso de abridor. No ano seguinte, é a vez da Brahma Chopp apresentar a novidade.

Lançamento da Antarctica Bock.

Localizada no Centro de Tecnologia de Alimentos do Senai, em Vassouras- RJ, é implantada a primeira Cervejaria-Escola do Brasil, que conta com o apoio da Antarctica e da Brahma.

1991

Antarctica lança Kronenbier, a primeira cerveja sem álcool do país.

1990

Na Oktoberfest, em Blumenau – SC, a Brahma lança o novo rótulo da Brahma ChoppA Cerveja Número 1”.

1989

São lançadas as versões diet dos refrigerantes Antarctica e do Guaraná Brahma.

Brahma Chopp, Skol e Pepsi são vendidos em latinhas de alumínio.

O Grupo Garantia adquire o controle acionário da Companhia Cervejaria Brahma. É o início de uma nova fase da história da cervejaria.

1987

O laboratório da filial da Brahma Rio inaugura uma cervejaria piloto.

1984

Brahma lança Malt 90, cerveja voltada para o público jovem. Seu slogan: “O prazer de fazer bem feito”.

A Pepsi Cola chega ao Rio de Janeiro graças a um acordo firmado entre Brahma e PepsiCo Internacional para a fabricação, comercialização e distribuição do refrigerante.

É constituído o Grupo Antarctica com sede em São Paulo e mais de 23 empresas controladas.

1982

É criada a Fundação Assistencial Brahma, visando prestar assistência médico-hospitalar e dentária aos empregados e dependentes, além de oferecer bolsas de estudo para ensino fundamental e ensino médio; estimular o esporte, o lazer e atividades de caráter científicas e culturais.

Primeira versão da Cerveja Brahma Light, uma cerveja tipo pilsen de baixos teores alcoólicos e calóricos. No ano seguinte, ela recebe o Clio Award, um dos mais importantes prêmios da publicidade internacional. Categoria: melhor embalagem.

1980

A Brahma adquire o controle acionário das Cervejarias Reunidas Skol Curacu S.A., fabricante da Cerveja Skol desde 1967.

1978

A Antarctica assume o controle da Cervejaria Serramalte, existente desde 1957.

O Guaraná Brahma passa a ser engarrafado por duas franquias internacionais: a Fábrica Bebidas Gasosas Oriental, de Santa Cruz de La Sierra e a Embotelladora Tunari, de Cochabamba, ambas na Bolívia.

Curso novo da Brahma: cervejeiro prático. É o primeiro da América Latina.

1976

A Brahma lança os refrigerantes em embalagem de vidro de 1 litro.

1976

Europa, Estados Unidos e Ásia passam a importar os produtos Antarctica.

A Brahma Chopp é eleita pela revista “The Washingtonian” como a melhor cerveja importada nos Estados Unidos.

1975

Substituindo o antigo sistema de adegas, na filial da Brahma Rio são construídos os primeiros tanques ao ar livre e com refrigeração própria.

1972

Começa a ser veiculada a lendária campanha da AntarcticaNós viemos aqui para beber ou para conversar?”, estrelada por Adoniran Barbosa.

A filial de Agudos-SP lança embalagens em lata para cervejas Brahma Chopp e Brahma Extra

Novidade de Brahma: a garrafa incolor com o nome do produto no vidro.

1971

A filial da Brahma em Curitiba (antiga Cervejaria Atlântica) inova ao adotar engradados para o transporte de cervejas e refrigerantes.

1970

Firmada associação entre Brahma e a Fratelli Vita Indústria e Comércio S.A. marcando o início da produção de mais três marcas: SukitaGuaraná Fratelli Gasosa Limão.

1965

Surgem as primeiras revendas da Brahma, constituídas por antigos funcionários da empresa.

1961

A Cervejaria Bohemia, fundada em Petrópolis- RJ no ano de 1853, passa para o controle da Antarctica.

1950

Surge o “Caçulinha” ou Guaraná Caçula. Em tamanho menor, 185ml, o refrigerante torna-se popular entre as crianças. Tanto que, em 1951, aparecem as histórias do Capitão Caçula, herói dos quadrinhos, criado para promover o produto.

1943

É o ano da Brahma Extra. “Extra no sabor, Extra da qualidade, Extra nos ingredientes – Cerveja Brahma Extra”.

1941

A Companhia Adriática, do Paraná, passa para o controle da Antarctica. Sua principal marca era a Cerveja Original, produzida desde 1930.

1936

Criação da Fundação Antonio e Helena Zerrenner Instituição Nacional de Beneficência. Acionista majoritária da Companhia Antarctica Paulista, a fundação mantém hospitais, escolas e creches que atendem funcionários da empresa e seus dependentes.

1935

Mudanças no rótulo da Antarctica: dois pinguins passam a acompanhar a estrela de seis pontas dourada. O slogan “A grande marca” também se incorpora ao visual.

1934

Com uma produção de 30 milhões de litros de cerveja, a Brahma Chopp é um sucesso no país. Ary Barroso e Bastos Tigre compõem a marchinha “Chopp em Garrafa” que, cantada por Orlando Silva, propaga a novidade.

1928

A Companhia Guanabara, de São Paulo, é adquirida pela Brahma. Ela marca o início da produção da cerveja Brahma Chopp no estado.

1922

As companhias Antarctica, Bohemia e Brahma participam da Exposição internacional da Independência.

1921

Início da produção e comercialização do Guaraná Champagne Antarctica.

1918

A Brahma lança seis refrigerantes: Água de Meza, Crystal, Ginger-Ale, Berquis, Soda Limonada Especial, Soda Limonada e High Life.

1915

A Antarctica fabrica as primeiras geladeiras a gelo. Batizadas de “Perfeitas” eram utilizadas tanto nas casas comerciais quanto nas residenciais. O gelo era fornecido por meio de assinaturas pela própria companhia.

1914

Início da produção da Água Tônica Antarctica. Sua primeira propaganda destaca: “Água Tônica de Quinino: bebida adequada ao clima quente. Tônica, com todas as excelentes qualidade da casca de quina, agradável e refrescante”.

A Malzbier, uma cerveja escura, de sabor adocicado e médio teor alcoólico, é registrada pela Companhia Brahma.

1911

Inaugurada a primeira filial da Antarctica em Ribeirão Preto. Lá era produzido gelo e cerveja.

Chega ao mercado Club Soda Antarctica; um ano depois, é lançada a Soda Limonada Antarctica.

1904

A Companhia Antarctica Paulista adquire uma grande cervejaria na Mooca. Ela passa a ser a sua principal cervejaria.

1900

A cerveja Antarctica passa a carregar no rótulo uma imagem do Cometa Harley em homenagem a sua passagem.

1895

A Antarctica ganha a primeira logomarca: uma estrela de seis pontas com a letra “A” inscrita em seu centro. A estrela usada pelos fabricantes europeus desde a Idade Média, foi uma sugestão dos técnicos cervejeiros alemães.

1894

Joseph Villiger, da Brahma, associa-se com a Cervejaria Georg Mascke & Cia. A nova empresa aperfeiçoa a produção da cerveja, importa equipamentos e patrocina bares, restaurantes, clubes e artistas.

1889

A Antarctica começa a produzir cervejas.

1888

O suíço Joseph Villiger estabelece uma pequena oficina com o nome de Manufadtura de Cerveja Brahma & Villeger & Companhia, na rua Visconde de Sapucaí, Rio de Janeiro -RJ.

1885

Um grupo formado por industriais paulistas adquire um terreno no bairro da Água Branca, em São Paulo, onde futuramente seria instalada a matriz da Companhia Antarctica Paulista. Ali, começam a produzir gelo e produtos alimentícios.

1853

Fundação da Bohemia, a primeira cervejaria do Brasil.


Nossos Prêmios

Trabalhamos todos os dias para unir pessoas e construir um mundo melhor. A motivação de participar da sua festa é o que faz da nossa, um momento muito mais especial. Por isso, convidamos você para celebrarmos juntos os prêmios que recebemos ao longo da nossa história. O reconhecimento é resultado da busca em oferecer os melhores brindes aos nossos clientes.

Cervejas

International Beer Chellenge
Trophy Winner
Best Stout or Porter – Colorado Ithaca

Medal Winners
Flavoured Beer – Colorado Berthô – Gold
Speciality Beers – Colorado Guanabara – Gold
Stouts and Porters – Colorada Ithaca – Gold
Stouts and Porters – Wäls Petroleum – Gold
Ales – Bohemia 838 Pale Ale – Silver
Ales – Wäls Walkeriana – Silver
Flavoured Beer – Bohemia Caá-Yari – Silver
Flavoured Beer – Colorado Caium 016 – Silver
Wheat Beers – Wäls Witte – Silver
Ales – Colorado Frangó – Bronze
Ales – Colorado Vixnu – Bronze
Ales – Wäls Niobium – Bronze
Flavoured Beer – Colorado Caium – Bronze
Flavoured Beer – Wäls Madlab Strawberry Sour – Bronze
Lagers – Bohemia Aura Lager – Bronze
Lagers – Wäls Bohemia Pilsen – Bronze
Speciality Beers – Colorado Ithaca Wood Aged – Bronze
Speciality Beers – Wäls EAP Wild Ale – Bronze
Speciality Beers – Wäls Impetus – Bronze

World Beer Awards
WORLD’S BEST STYLES
Dark Beer
Belgian Style Dubbel Wäls Dubbel
Flavored Beer
Chocolate & Coffee Colorado Demoiselle
Pale Beer
Imperial IPA Colorado Vixnu

Copa Cervezas de América
Specialty Wood-Aged Beer – Colorado Guanabara Wood Aged – Gold
American Pale Ale – Bohemia 838 Pale Ale – Bronze
Experimental Beer – Colorado Berthô – Bronze
Specialty Wood-Aged Beer – Wäls Quadruppel Barrel Aged Bourbon – Bronze
Spice, Herb, or Vegetable Beer – Colorado Demoiselle – Bronze
Weissbier – Bohemia 14 Weiss – Bronze