Imprensa Relação com Investidores
Acessibilidade

Blog

Voltar

Como se preparar para um processo seletivo ou entrevista de emprego

Postado em: 29/11/2018,

É muito comum, ao se candidatar a uma vaga, passar pelo tão conhecido processo seletivo. Esse processo é, basicamente, um teste de conhecimento e competências técnicas para a vaga em questão, analisando também o alinhamento cultural, de missão, visão, valores e propósito com a companhia.

Assim como em todo teste, uma boa preparação faz toda a diferença, não é mesmo?! Pensando nisso, criamos esse texto com o objetivo de ajudá-lo a se preparar da melhor maneira para obter bom resultado em seus processos de seleção. Quebramos em 3 partes principais: ANTES, DURANTE e DEPOIS, para avaliar cada etapa com calma.

Vamos lá?

Antes:

  • Currículo: O currículo (CV) é uma etapa muito importante, pois é o primeiro contato do
    candidato com o recrutador. Reveja as informações, e certifique-se de que estão corretas e atualizadas.

    Busque objetividade ao criar o seu CV. Uma única página é o ideal para falar sobre suas experiências acadêmicas e profissionais. Foque no que você acredita que teve maior impacto em sua carreira.

    Outro ponto essencial é a sinceridade: ser transparente e verdadeiro é sempre a melhor abordagem (em todas as etapas do processo).

  • Conheça a empresa: Conhecer a empresa para qual está se aplicando é um ponto crucial da preparação.

    Busque entender o que a empresa faz, os objetivos da organização, últimos eventos e acontecimentos envolvendo a companhia e o setor em geral. Avalie também a missão, visão e valores da empresa, para analisar se eles vão de acordo com os seus propósitos pessoais também.

    image1
    Além de pesquisar no site da empresa e em redes sociais, tente contato com alguém que trabalha na companhia para ter uma visão de quem está no dia-a-dia da operação, e comparar com o estudo feito previamente.

    Se imagine trabalhando na empresa: verifique se você se encaixa nos pré-requisitos da vaga e da área, e de que forma, para saber exatamente como você pode agregar valor ao time, e o porquê de estar se aplicando para essa vaga/companhia. Nesse momento, também é importante avaliar o seu fit cultural com a empresa. Em uma companhia como a Cervejaria Ambev, por exemplo, a cultura é um dos pilares mais fortes e, para que o colaborador consiga performar como deve, é essencial que ele se encaixe (e concorde) com a cultura da empresa. Veja, no vídeo abaixo, Jorge Paulo Lemann, fundador da Cervejaria Ambev, falando um pouco das origens da Cultura Ambev:

  • Prepare suas respostas: É muito importante se preparar para perguntas pessoais e questões sobre suas experiências profissionais anteriores. Lembre-se de que além de avaliar sua resposta em si, essas perguntas também servem para que o recrutador avalie como você fala em público, então falar com calma e confiança é a chave.

    Pesquise sobre perguntas mais comuns e já treine as respostas. Essa prática ajuda a diminuir o nervosismo e ansiedade. Prepare uma apresentação pessoal (“elevator pitch”) de 1 a 3 minutos. Essa apresentação deve conter suas experiências acadêmicas e profissionais, ressaltando bons resultados que obteve e competências desenvolvidas em
    cada estágio da carreira.

  • Prepare suas perguntas: Boas perguntas feitas durante o processo seletivo demonstram interesse por parte do candidato, mostram que a pessoa pesquisou sobre a empresa e foi atrás de mais informações.
  • Treine seu inglês: Para algumas vagas, inglês é obrigatório. E para muitas, é um diferencial. Por isso, treine seu inglês e chegue na entrevista com o idioma o mais fluente possível. Uma boa estratégia é treinar o seu “elevator pitch” em idiomas alternativos para já ficar com o texto na ponta da língua. (Essa dica também se aplica a outros idiomas. Isso depende de empresa para empresa)

Durante:

  • Vista-se adequadamente: Aproveite a pesquisa sobre a cultura da empresa e o bate-papo com colaboradores da companhia para entender qual o “dress-code”. Se preocupar com a vestimenta ajuda a causar uma boa primeira impressão.

  • Desligue os aparelhos eletrônicos: É sempre melhor quando não temos distrações e focamos 100% na atividade que estamos fazendo, certo?! Para evitar distrações, desligue o computador, celular, tablet, etc, ao chegar no local do processo seletivo.

    image2

  • Boa comunicação é importante: Fale pausadamente, de forma objetiva e com clareza. Dessa forma, você garante que está passando a mensagem ao entrevistador. E lembre-se que quase 60% de toda a nossa comunicação é não-verbal, então cuide também da linguagem corporal: mantenha a postura e contato visual. Tenha confiança e seja você mesmo.

  • Saiba falar dos seus defeitos: Além de saber “se vender”, é muito importante se preparar para falar dos seus defeitos. É importante ser sincero e conseguir expor pontos a desenvolver, pois isso mostra que o candidato se conhece, assim como a estratégia que está usando para melhorar esses pontos. Use exemplos e seja coerente.

  • Brilho no olho: Esse é um tópico muito ligado à pesquisa feita anteriormente. Se a pesquisa foi feita com profundidade, o candidato já consegue definir se a empresa tem princípios, valores e propósito condizentes com suas crenças pessoais. E, caso isso aconteça, o brilho no olho e a vontade de ser aprovado no processo seletivo acontecem automaticamente.

  • Trabalhe bem em grupo: Muitos processos seletivos fazem uso de dinâmicas de grupo para avaliar candidatos, então trabalho em grupo é uma habilidade necessária para se destacar nesses eventos.

    É normal querer mostrar seus talentos e conhecimentos, mas cuidado para não “atropelar” os outros. Deixe que as pessoas se expressem normalmente e busque expor suas ideias de forma respeitosa e confiante.

    Tenha iniciativa, demonstre interesse, coopere com o time e tenha foco no resultado.

  • Controle suas emoções: Emoções vão surgir, inevitavelmente, e isso faz parte do processo. É importante ter inteligência emocional e lidar com seus sentimentos.

    Lembre-se que, independente do resultado, o processo seletivo é um aprendizado e te ajudará a aprender e se sair melhor nos seus próximos testes e desafios.

  • Faça perguntas: Momento de fazer aquelas perguntas que você planejou e outras que surgiram durante o processo.

Depois:

  • PASSOU? Parabéns! Boa sorte nesse novo desafio.

  • NÃO PASSOU? Mesmo que não seja aprovado, leve a experiência como um aprendizado, pois cada fase do processo tem algo a ensinar. Uma resposta negativa em um processo seletivo só indica que você não era a pessoa certa para aquela vaga, naquela empresa, naquele momento. Não desanime e continue
    praticando.

image3

E aí, te ajudamos? Se quiser receber mais conteúdos ligados a carreira e novidades sobre vagas da Ambev, inscreva-se abaixo: