Cervejaria Ambev anuncia novas metas ambientais para 2025

Postado em: 22/03/2018,

por Ambev

Compromissos definidos globalmente pela AB InBev marcam o lançamento da 100+, nova plataforma socioambiental da cervejaria.

A Cervejaria Ambev, dona de marcas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser e Stella Artois, anuncia hoje quatro novas metas socioambientais para serem alcançadas até 2025. Os compromissos, definidos pela AB InBev globalmente, são divididos em quatro pilares:

  • Ações Climáticas: 100% da eletricidade comprada pela Cervejaria Ambev deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria vai reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da nossa cadeia de valor.
  • Gestão de Água: melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.
  • Agricultura Inteligente: 100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.
  • Embalagem Circular: 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.

“Nosso sonho é unir as pessoas por um mundo melhor, e é por isso que a gente se engaja em ações para construir um ambiente mais saudável e para fortalecer as comunidades em que estamos inseridos. A mudança climática é o principal problema que aflige o meio ambiente, pois impacta diretamente nossos recursos naturais. Tendo isso em vista, estruturamos nossas metas para 2025 com o objetivo de contribuir com soluções para esses desafios socioambientais”, afirma Carlos Brito, CEO da AB InBev.

O anúncio marca também o lançamento da 100+, nova plataforma socioambiental da AB InBev, que reúne, em um mesmo guarda-chuva, ações antes divididas em três pilares – um mundo mais saudável, limpo e em desenvolvimento –, visto que eles têm uma finalidade comum: a construção de um mundo melhor. Nesse contexto, a plataforma propõe ações de impacto positivo para fora dos muros da cervejaria pelos próximos 100 anos e outros mais, reforçando seu comprometimento com a construção de um legado sustentável.

“Estamos construindo uma companhia para durar e continuar a unir as pessoas pelos próximos 100 anos e além. Nossas novas metas traduzem isso, nossa forma de pensar sobre o legado que queremos deixar para o mundo: a construção de um futuro melhor tem que começar hoje, em cada uma das nossas ações”, afirma Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

Com o anúncio, a Cervejaria Ambev continua a avançar em seus compromissos socioambientais com o estabelecimento dos objetivos mais ambiciosos até o momento, além de introduzir novos programas que impactam positivamente as comunidades com as quais se relaciona.

No último ano, a cervejaria comunicou que investiu cerca de R$ 1 bilhão em ações que contribuíram para a superação das metas anunciadas em 2013 para serem alcançadas até 2017. Esses projetos envolveram, por exemplo, a adoção de tecnologias de reutilização de efluentes, a substituição de refrigeradores por modelos mais ecológicos, além de medidas de proteção de mananciais e a diversificação da matriz energética, privilegiando o aumento de fontes limpas.

Projetos que contribuem para metas

Ações Climáticas

Dentre os projetos que a Cervejaria Ambev já promove para atingir a meta está a reestruturação de sua matriz energética, que cortou o consumo de combustíveis fósseis e substituiu por óleo vegetal, biomassa e biogás gerado pelas Estações de Tratamento de Efluentes. Além disso, a cervejaria mantém o Frota Compartilhada, projeto pioneiro iniciado em 2012, que consiste na instituição de parcerias com outras empresas para otimizar as operações logísticas de cada uma. O projeto funciona da seguinte forma: os veículos que prestam serviço para a Ambev e retornam às cervejarias vazios depois de abastecerem os centros de distribuição, fazem os trajetos de volta com cargas de empresas parceiras.

Gestão da Água

A água é a principal causa – está no centro das ações de sustentabilidade – da Cervejaria Ambev e, para contribuir com esse objetivo, a cervejaria mantém, por exemplo, o projeto Coalizão Cidades pela Água, da TNC, que atua em 243 municípios incorporando a gestão dos recursos hídricos à preservação de rios e nascentes, com o objetivo de aumentar o acesso à água para mais de 60 milhões de brasileiros em 21 bacias hidrográficas localizadas em 12 regiões metropolitanas. Além disso, a cervejaria mantém o Projeto Bacias, que hoje está em Jaguariúna (SP), Jundiaí (SP) e Guandu (RJ), em parceria com a TNC, e em Sete Lagoas (MG) em parceria com a WWF. Uma de suas principais frentes é o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) a produtores rurais, que oferece incentivo financeiro aos agricultores que se comprometerem com práticas de conservação em suas propriedades. O Bacias também financia de maneira integral todas as medidas de conservação necessárias à adequação ambiental da propriedade para que ela esteja apta a participar do projeto. Outro exemplo é a água AMA, que destina 100% do lucro a projetos de acesso à água na região do semiárido. O produto, primeiro negócio social desenvolvido por uma grande empresa no Brasil, já arrecadou mais de R$ 1,4 milhão para a causa, beneficiando cerca de 6.660 pessoas por nove comunidades no Ceará e Piauí.

Agricultura Inteligente

A cervejaria mantém projetos como o Smartbarley, programa global para mapear junto aos agricultores as melhores práticas de produção de cevada. O trabalho é feito por uma equipe de agrônomos própria, que está em contato direto com os produtores para acompanhar de perto os cultivos, fazer análises comparativas e coleta de dados que possam ajudar a melhorar a gestão econômica e ambiental no campo, bem como rendimento e qualidade da cevada. Seus principais objetivos são aumentar a qualidade do cereal, melhorar a gestão ambiental na agricultura e fortalecer os laços com os agricultores. Atualmente o programa atende 500 campos de produção. A cervejaria também criou o Radar, projeto que alia informações como dados climáticos, coletadas em diversas estações por sentinelas espalhados em determinadas microrregiões, que permitem que o agricultor tome suas decisões sobre o manejo do cultivo de maneira preventiva e sempre ciente sobre as condições atuais. Isso permite aos produtores um aumento de lucros em decorrência da otimização de recursos, além de sistema de produção mais sustentável.

Embalagem Circular

Desde 2014, a Cervejaria Ambev vem buscando ampliar a presença das garrafas de vidro retornáveis, que podem ser reutilizadas cerca de 20 vezes, no mercado. Para facilitar a troca do produto, a companhia investiu na instalação de mais de 900 máquinas de coleta por todo o país, que, em 2017, coletaram mais de 100 milhões de vasilhames. Atualmente, 1 em cada 4 garrafas vendidas nos mercados já é retornável. Além disso, a cervejaria mantém a Ambev Vidros no Rio de Janeiro, uma fábrica que produz garrafas de vidro a partir da reciclagem de cacos. A fábrica é uma das maiores recicladoras de cacos de vidro na América Latina. Aproximadamente 50% da matéria-prima utilizada na unidade são cacos de vidro, ou seja, de cada dez garrafas produzidas pela Cervejaria Ambev, cinco são fabricadas totalmente com material reciclado, o que representa uma economia anual de mais de 127 mil toneladas de material virgem.